Mais de 5 mil ligações clandestinas são encontradas em estabelecimentos comerciais na Bahia

Nos primeiros nove meses de 2023, a Neoenergia Coelba identificou e removeu 5.433 ligações clandestinas em estabelecimentos comerciais, como mercadinhos, açougues e padarias no estado.

Durante essas operações, 40 milhões de quilowatt-hora de energia foram recuperados, equivalendo ao abastecimento de cerca de 34.700 residências ou do município de Camaçari, na região Metropolitana, por um mês.

A distribuidora utilizou um sistema de monitoramento, realizando mais de 16 mil inspeções em estabelecimentos comerciais em toda a Bahia para flagrar essas unidades.

Além da preocupação com a segurança, essas ações visam assegurar uma competição justa no setor, impedindo que quem pratica o furto de energia tenha vantagens indevidas sobre empresas que operam legalmente.

O furto de energia é tipificado como crime pelo artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão. Durante os primeiros nove meses do ano, foram realizadas 96 operações com apoio policial na Bahia, e os responsáveis pelas ligações clandestinas enfrentarão inquérito para investigar suas condutas.

Além de ser ilegal, o furto de energia representa riscos à população, pois é realizado por profissionais sem a devida qualificação, ignorando normas técnicas de segurança. Essa prática também prejudica o fornecimento de energia, causando aumento indevido e não dimensionado de carga na rede elétrica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *